Vamos conhecer Quebec City?

Tudo por aqui tem charme e encanta!
Québec City ou Ville du Québec, como é chamada por lá, é a capital da província de Quebéc, a cidade mais antiga do Canadá e a capital nacional da parte francesa canadense. É a única cidade murada da América do Norte, e o coração francês do Canadá. Às margens do Rio São Lourenço, esta cidade não se parece com nenhum outro lugar da América. O tempo todo temos a sensação de estar em uma vila francesa. As casas e edifícios são antigos, há muitas igrejas e capelas históricas, pontes de pedra, um castelo, ruas de pedra, cafés e creperias e muitas galerias de arte. Não tem como ir ao Canadá e não passar por lá. Concentrei o meu passeio na parte histórica, e nem preciso dizer que foi bem complicadinho rodar com a Julinha e até acessar cafés, restaurantes e lojas, mas a cidade é bem hospitaleira e as dificuldades encontradas com relação à acessibilidade foram prontamente solucionadas. Em breve, mais de Quebec City pra vocês.

Share Button

Comente

Buckingham Fountain

Era uma tarde de outono incrivelmente linda e completamente gelada, mas fui conhecer a Buckingham Fountain, uma das maiores fontes do mundo, um marco de Chicago.
Localizada no centro de Grant Park, a fonte encanta com tamanha beleza e extensão.  Construída em estilo rococó-bolo-de-casamento, inspirada no Fountain Latona do Palácio de Versailles, ela funciona de abril a outubro, com shows regulares de água e shows noturnos coloridos. Durante o inverno, a fonte é decorada com luzes. Você aprecia tudo da melhor maneira possível, o parque nos recebe maravilhosamente bem.
Share Button

Comente

Vieux Montreal

Me hospedei no centro, no Boulevard René-Lévesque, num hotel bem próximo ao Palais des Congrès, onde foi realizado o Congresso de Turismo Acessível nesta encantadora cidade. A poucas quadras de distância do hotel está situada a parte histórica da cidade (Old Montreal). Uma caminhada por Vieux Montreal é algo que não pode fatar em sua programação. Esta é a mesma região do Marché Bonsecours, que já conhecemos. Mas andar por aqui com a Julinha foi bem mais fácil do que perto do mercado, cada canto encanta. Aprecie as diversas  construções de pedra, que agora abrigam lojas de esportes, antiguidades, curiosidades, lembranças, restaurantes, informações turísticas, galerias de arte, hotéis, pequenos teatros e muitas outras coisas bacanas. E nesta região que temos o principal templo religioso de Montreal e ícone da Vieux Montreal, a Basilique Notre Dame, construída em 1656. Até com muito frio a gente se encanta por lá.

Share Button

Comente

Chicago Children’s Museum

Localizado dentro do Navy Píer, o Children’s Museum já encanta pela facilidade de estar por lá.
São 3 andares de diversão garantida para crianças de até 10 anos. Splash, escalar, construir, aprender e explorar, subir em um navio, se esconder em uma casa na árvore, construir um edifício, inventar uma máquina voadora, represar um rio, dirigir um caminhão de bombeiros, fazer arte para levar para casa e muito mais. Sem contar que o museu nos recebe maravilhosamente bem, criança com deficiência sempre é muito bem-vinda.

Share Button

Comente

Bonsecours Market

Em visita a Montreal, não deixe de conhecer o espetacular Bonsecours Market. Em francês, Marché Bonsecours.

Inaugurado em 1847, Marché Bonsecours é reconhecido como um dos dez melhores edifícios do patrimônio do Canadá e se tornou uma parada essencial em qualquer visita à Old Montreal. Por mais de 100 anos, foi o principal mercado público na área. Já abrigou a prefeitura e também foi utilizado para a Assembleia Legislativa da Província do Canadá. O mercado também foi um espaço para banquetes, exposições e outros festivais. Hoje, Marché Bonsecours é um mercado público de dois andares, com um shopping com cafés, restaurantes e butiques. Hall e salas de banquetes são alugados nos andares inferiores e superiores, e ainda há um espaço do escritório municipal.

Visitá-lo é bem fácil para quem utiliza cadeiras de rodas, você se movimenta bem até com os elevadores apertadinhos. Mas lá fora é um grande desafio enfrentar as ruas que o rodeiam.  Dica: vale o passeio mesmo assim.

Share Button

Comente

Vamos conhecer Montreal?

Estive durante 5 dias participando do congresso de Turismo Acessível – Destinations for All – nesta cidade que é totalmente envolvente chamada Montreal. Apesar de muito trabalho, consegui escapar nos intervalos do congresso para espiar tudo. Montreal está na parte francesa do Canadá, e o francês é a primeira língua, embora todo mundo se comunique perfeitamente em inglês. Estar por lá no outono, com as folhagens em tons vermelho-laranja-amarelo, é apaixonante, um brilho só.

Este colorido especial se mistura o tempo todo com as chuvas frequentes, lembrando que Montreal é uma cidade que convida a descobri-la a pé. Com certeza é um lugar bom demais. Na maior parte da cidade você encontra muita acessibilidade, sendo que no centro histórico tive momentos desafiadores para andar com a Julinha. Montreal deixa a desejar com o transporte público para pessoas com deficiência, nem todos os ônibus apresentam acessibilidade e no metrô não há. Existe o Paratransit, um sistema de transporte adaptado que nos leva com segurança pra lá e pra cá, basta fazer um cadastro no site da STM (sistema de transporte de Montreal) e contratar o serviço.

Pois é, Montreal deixou uma vontade danada de voltar. Acompanhem que o Milalá em Montreal tem mais para contar!

Share Button

Comente

Art Institute of Chicago

Taí um museu completo para você se deliciar nos quase 90 mil metros quadrados de arte da melhor qualidade. No coração do Loop, em Chicago, o Art Institute já nos recebe com dois leões de bronze majestosos e um impressionante lobby de mármore.
O museu proporciona um mergulho na história da arte e muito aprendizado. A acessibilidade é show, tem tudo o que você possa imaginar para vários tipos de deficiência. Tive o privilégio de conhecer o museu sob o olhar acessível do Lucas Livingston, que trabalha na área de Educação.
Como aqui é tudo muito grande, vale a pena planejar sua visita antes para aproveitar ao máximo o Art Institute. Utilize os mapas, guias e aplicativos online para download, eles irão ajudá-lo a navegar e até mesmo narrar o seu passeio feliz.

Share Button

Comente

Lincoln Park Zoo

Reserve um bom espaço em sua programação de viagem para passear no Lincoln Park Zoo.
Tenho certeza que em qualquer época do ano o parque encanta, mas no outono tem mais charme. Você vai pra lá e pra cá sem nenhum problema, ele nos recebe maravilhosamente bem. Minha sugestão é aproveitar todos os cantinhos, pois há sempre uma novidade, um animal superdiferente ou mesmo uma bela fera que dá gosto de apreciar. A única preocupação por lá é desviar das muitas crianças que alegram este espaço. Ah, uma observação bem bacana é que abre todos os dias da semana e é gratuito. Taí um lugar com diversão garantida!

Share Button

Comente

Navy Píer

Com certeza o Navy Píer deverá estar presente em sua programação quando estiver em Chicago. Tem muita coisa para fazer por lá. A sensacional vista de dowtown e do lago Michigan já vale a visita, que combina atrações gratuitas e pagas. Andar sem rumo é boa pedida no Navy Píer: conhecer, observar, registrar os momentos, fazer comprinhas, beber e comer. Passeios de barco pelo lago Michigan e pelo Chicago River apresentam a arquitetura deslumbrante da cidade, museu para as crianças, teatro do Shakespeare, parque de diversões com roda gigante e vista incrível da cidade e da imensidão do lago. Ah, dependendo da época que estiver por lá, tem shows, exposições temporárias e muito mais. Venha com tempo, pois é tudo acessível!

Share Button

Comente

Millenium Park

Imagine um parque encantador, pra lá de bem cuidado, no coração da cidade, com esculturas fantásticas – que já viraram até cartão-postal de Chicago -, fonte moderna, palco fantástico que tem festivais de músicas incríveis no verão, vários tipos de flores dependendo da estação do ano… Ah, este sim é um daqueles parques para se perder por dentro, pois onde quer que você vá encontra uma coisa boa. E o melhor, é totalmente acessível. Até banheiro adaptado (e limpo) você encontrará. Sim este é o Millenium Park. Visita garantida em Chicago, ok?

Share Button

Comente