MUBE – Museu Brasileiro da Escultura

Colado ao MIS, temos o MUBE – Museu Brasileiro de Escultura.

Visitá-lo para ver seu acervo, suas exposições, participar de suas atividades educativas ou conhecer a arquitetura do edifício, que é fantástica e está totalmente preparada para nos receber, é sensacional.

A programação é extensa e diversificada. As exposições apresentam a produção atual de artistas reconhecidos internacionalmente, além de abrir espaço para divulgar novos nomes do panorama artístico nacional.

O museu também oferece a seus visitantes diversas opções de educação e cultura, entre cursos, seminários, palestras, recitais, feira de antiguidades, gastronomia, peças teatrais, filmes e vídeos. No dia de minha visita estava rolando a exposição fotográfica “A Essência do Momento” e havia várias esculturas distribuídas na área externa para anunciar a próxima exposião: “A Viagem pela Matéria”, de Pablo Atchugarry.

Para quem vai de carro, tem vaga defis na porta de entrada do museu. Com certeza este é um espaço que você terá prazer em visitar.

Share Button

Comente

Torre de Televisão de Brasília

A Torre de Televisão de Brasília é um projeto de Lúcio Costa que alia o lazer e funcionalidade. Além de funcionar como uma torre de televisão, o local oferece aos turistas uma tradicional feira de artesanato, aberta nos fins de semana, e um mirante de 75 m que proporciona uma vista incrível da cidade. E tudo preparado para nos receber. Tem rampas, elevadores, é plano e tem muita gente simpática por lá. Vale conferir!

Share Button

Comente

Vila Olímpica em Atlanta

Pertinho do hotel ficava a Vila Olímpica, uma praça linda e enorme. E próximo a esta praça temos o Aquário da Georgia, que é o maior aquário do mundo. Simplesmente encantador, você consegue participar de tudo e é muito fácil se locomover por lá. Em frente ao aquário temos o Museu da Coca-Cola, que conta toda a história do refrigerante. Foi bem divertida e curiosa a visita por lá, e vale observar que ele é inteirinho preparado para nos receber. Conheci o CNN Center que, também, fica pertinho da Vila Olímpica. Sei que oferecem aos visitantes a oportunidade de ver de perto como são feitas as notícias, mas não fizemos este passeio. Conheci seu interior, fui aos restaurantes, respiramos notícias, mas não
saímos do térreo do edifício.

Share Button

Comente

MIS – Museu da Imagem e do Som

Espaço descolado, é um lugar para ver e ser visto. Seja por qual motivo você vá, vale o passeio. Só não vale mais porque para quem utiliza uma scooter, como é o meu caso, é necessário trocar por uma cadeira de rodas convencional para usar o elevador e chegar até o piso superior. Pois é, os elevadores são bem pequenininhos, o que me decepciona um pouco. Ah, tem banheiro, mas não é adptado, você até entra no banheiro com a cadeira, mas não há barras de apoio.

Se for de carro, tem vaga para defis na porta. Uma das vezes que estive por lá, a vaga para defis estava ocupada e tive que parar na rua. Em princípio fiquei feliz, pois foi fácil achar vaga, mas assim que comecei a andar com a scooter a caminho do museu foi bem ruim, pois as calçadas são péssimas e não há rampas de acesso nos faróis. Tive que contar com uma ajudinha para subir e descer da calçada. Fica a sensação de que o MIS pode e deve nos receber melhor.

Share Button

Comente

Vamos conhecer Atlanta?

Atlanta é uma cidade encantadora. Quando decidi visitá-la, ouvi perguntas do tipo: “Por que Atlanta? Vai participar de algum congresso? O quê fará por lá?”
Desde o momento que cheguei a Atlanta e durante toda a semana tive surpresas maravilhosas da cidade e de seu povo. Fiquei em um hotel no centro da cidade que tinha apartamento adaptado para minhas necessidades, e o melhor do hotel era a gerente chamada Greta, uma pessoa fantástica. Identifiquei que ficar no Atlantic Station é um bom negócio também, pois ele fica numa região de Midtown encostadinha ao centro, com restaurantes, supermercados, várias lojas incríveis, entre elas Dillard’s, Target, e Ikea. Buckhead e Virginia Highland também são locais bacanas para ficar em Atlanta.
Como o hotel era muito bem localizado, fui para a maioria dos lugares com a Julinha, e foi realmente uito fácil andar com a scooter pelas ruas. A semana foi muito boa, o tempo todo você passeia na Peachtree St. Tudo por lá é Peachtree. Em breve, mais posts sobre Atlanta aqui no Milalá.

Share Button

Comente

Museu da Casa Brasileira

Um passeio bem agradável é perder-se pelas salas da mansão onde está o museu.  Por onde você anda tem coisa bonita. O museu é o único do país especialoizado em design e arquitetura. Tive a oportunidade de prestigiar uma bela exposição, “Vespa: um ícone italiano – História, Cultura e Design”. Neste museu, há um restaurante com comidas brasileiras fantásticas. Tudo no térreo da casa é muito gostoso. No térreo, pois não fui ao piso superior. Elevador tem, mas como utilizo uma scooter, é impossível utilizar o elevador. Além de pequenininho, tem um degrau imenso que impossibilita o meu acesso. Ainda bem que o banheiro adaptado fica no térreo. Nos feriados e aos domingos, a entrada é gratuita. Nos demais dias, deficientes pagam meia entrada. Fui de carro e lá tem estacionamento, mas é pago (e não é barato!).

Share Button

Comente

Feira da Liberdade

Localizada no coração da cidade de São Paulo, no bairro da Liberdade, esta feira é bem divertida. Foi criada para expor produtos da cultura japonesa, mas se estendeu e hoje podemos encontrar artesãos de várias regiões do Brasil.

É uma diversão passear pelas barracas de comida e de artesanato. A feira tem acessos que possibilitam o ir e vir, mas requer paciência, pois o tempo todo você desvia das pessoas. Fui de carro, parei em vaga de deficiente.

Se for de metrô, desça na Liberdade, estação que tem elevador. Então, bora passear por lá?

Share Button

Comente

Sesc Pinheiros

Já é de nosso conhecimento que o lugar fica bem mais bacana quando nos recebe bem. Esta é a realidade do Sesc Pinheiros. Aonde você quer chegar por lá, você vai da melhor maneira possível, Tá tudo preparado para nos receber.

A Comedoria do Sesc Pinheiros é bem agradável. Fácil acesso, cardápio interessante e saboroso e, gente boa te recebendo. Como a maioria dos Sesc, Pinheiros não foge à regra e apresenta sempre uma bela programação. Muita coisa boa acontece o tempo todo por lá. Passeio feliz garantido.

Share Button

Comente

Livraria Cultura

Pra quem gosta de livraria, a Cultura, que fica no Conjunto Nacional da Avenida Paulista, é o endereço. Ela te recebe perfeitamente bem, tem rampas para todos os lados, banheiro adaptado, corredores espaçosos que possibilitacircular confortavelmente, tem funcionários simpáticos e prestativos.

Lá tem tudo do bom e do melhor. Se for de carro, o estacionamento que fica no Conjunto Nacional atende muito bem com vagas defis e elevadores e, se for de metrô, tem a estação Consolação ao lado. É tudo muito fácil. Vale conferir.

Share Button

Comente

Centro da cidade de São Paulo

Descobrir como tudo começou por aqui foi bem emocionante, e, claro, cheio
de histórias.
O Pátio do Colégio é o marco inicial da
cidade de São Paulo.
Na praça do Pátio, temos o Museu Anchieta,
onde você encontrará todo o histórico da vida do padre José de Anchieta, utensílios de uso diário da época e trabalhos preciosos da arte sacra.
Na
Praça da Sé que fica bem pertinho do Pátio, temos o monumento Marco Zero do município. A partir dele, contam-se as distâncias de todas as rodovias que partem de São Paulo, bem como a manutenção das vias públicas da cidade.
Temos também a Catedral da Sé ou Catedral Metropolitana, igreja simplesmente encantadora,
grandiosa, estilosa, rica de história e bem pomposa. A Catedral da Sé tem estilo neogótico e é inspirada nas grandes catedrais medievais europeias. Vale observar que transitei muito bem por este pedaço da cidade, às vezes com bastante trepidação, mas não tive dificuldade de circular. Rampas de acesso nas calçadas, rampas provisórias no museu Anchieta. visita à Catedral sem problemas estiveram presente o tempo todo neste passeio. Ah, a entrada de cadeira de rodas na igreja se dá do lado esquerdo, olhando de frente pra ela. Tem rampa e é bem fácil. Dentro da igreja vale especular todos os cantinhos e se deliciar com o órgão que foi construído em Milão. Sugiro ir ao centro de São Paulo nos fins de semana e pela manhã. Emoção e história garantidas.

Share Button

Comente